Site

ORAÇÕES E HINOS PARA USO DA SSVP

1) ORAÇÕES TRADICIONAIS DA SSVP

NO COMEÇO DAS REUNIÕES   /   I - ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO ABREVIADA .......................237

II – ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO COMPLETA......................................................................................238

NO FIM DAS REUNIÕES...................................................................................................................................239

2) ORAÇÕES COMPLEMENTARES

2.1) Para obter a canonização de Antônio Frederico Ozanam ......................................................................241

2.2) Oração para uso da Sociedade de São Vicente de Paulo. ......................................................................242

2.3) Oração a São Vicente de Paulo ..................................................................................................................243

2.4) Oração da Família Vicentina .......................................................................................................................243

2.5) Oração pelas Vocações............................................................................................................................... 244

2.6) Oração pelas Vocações Vicentinas............................................................................................................245

2.7) Oração para uso dos vicentinos antes da Visita Domiciliar aos Assistidos.......................................246

2.8) Oração completa do “DE PROFUNDIS” pelos membros falecidos ..................................................... 247

2.9) ATO DE CONSAGRAÇÃO DA SOCIEDADE SÃO VICENTE DE PAULO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS. .......................................................................................................................................248

3) HINO A SÃO VICENTE DE PAULO ...........................................................................................................250

4) HINO A OZANAM ........................................................................................................................................252

 

 

1) ORAÇÕES TRADICIONAIS DA SSVP(85)

85Oração vocal - “A oração vocal é um dado indispensável da vida cristã” (Código de Direito Canônico, 2701).

É a maneira mais simples de orar, que aprendemos de nossos pais.

     Necessitamos de fórmulas que memorizamos. Nós as usamos numa infinidade de ocasiões.

     Alguém, com certo humor, comparou essas orações aos sanduíches que não exigem pratos e talheres e podem ser comidos em qualquer parte; podemos rezar o Pai-nosso, Ave-Maria e jaculatórias em qualquer lugar.

Porém, há dois perigos: a) considerá-las de segunda categoria; b) bitolar-se a elas e não conseguir uma oração espontânea.

     A oração vocal não pode produzir uma dependência, mas é um auxílio para o diálogo com Deus. Temos que tomar cuidado para não fazer da oração uma repetição de fórmulas.

“Não chamo isso oração, por muito que mexas os lábios” (Santa Tereza). É preciso pôr o coração no seu conteúdo. Nessa forma de oração são freqüentes as distrações. “Se você não está atento, como quer que Deus esteja?” Porém, não devemos omiti-las com a desculpa da falta de espontaneidade.                                                                                                             


 

ORAÇÕES TRADICIONAIS DA SSVP

 

No começo das reuniões.

 

Oração ao Espírito Santo (abreviada)

Dirigente: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Todos:      Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. 

Dirigente: Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado.    

Todos:      E renovareis a face da terra.

 Oremos:   Deus, que iluminastes os corações dos Vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, concedei-nos que, pelo mesmo Espírito, saibamos o que é reto e gozemos sempre de suas divinas consolações. Por Cristo Nosso Senhor. Amém!

Pai Nosso...

Ave Maria...

Dirigente: Sacratíssimo Coração de Jesus,     

Todos:      Compadecei de nós.

Dirigente: Rainha concebida sem pecado,     

Todos:      Rogai por nós.

Dirigente: São Vicente de Paulo,                 

Todos:      Rogai por nós.

Dirigente: Bem-Aventurado Antônio Frederico Ozanam,   

Todos:      Rogai por nós.

(Pode-se fazer invocações especiais, como ao padroeiro / padroeira da própria Unidade Vicentina, como dos visitantes, do santo do dia, entre outros).

237

Oração ao Espírito Santo (completa) (86)

 

86) Para recitação nas reuniões de Conferências, Conselhos e Obras Unidas em períodos que antecedem às eleições. Deve ser rezada por todos os membros.

     Essa oração, porém, é para que o Espírito Santo ilumine aquele que for eleito para Presidente, bem como todos aqueles que irão compor sua Diretoria.

     Orientação antiga da SSVP diz que devemos rezar sempre por aqueles que ocupam cargos de direção, pois só assim teremos uma organização bem dirigida e em constante crescimento. A oração deve ser feita no início das reuniões

Dirigente: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

1) Vem ó Criador Espírito,                               2) Tu, Paráclito és chamado

     A mente dos teus visita,                                  Do Excelso Deus doação,

     E os peitos que criastes                                  Fogo, caridade, fonte.

     Enche de graça infinita.                                   Viva Espiritual Unção.

 

3) Tu, com septiforme graça,                           4) A nossa mente ilumina,

     Dedo és da destra paterna,                             Teu amor no peito infunde,

     Promessa do Pai que às línguas                      Firma um perpétuo esforço

     Dás forças da voz suprema                              Onde a fraqueza redunde.

 

5) Longe o inimigo repele,                                6) Mostra-nos o Pai quem seja,

    Dá-nos a paz de repente,                                 Dá que o Filho conheçamos,

    Guia-nos, evitaremos.                                      Que em Ti, que és de ambos.                                      

    Qualquer dano, felizmente.                              Espírito, todo o tempo creiamos.

 

7) A Deus Pai se dê glória,

    E ao filho ressuscitado,

    Paráclito, a Ti também,

    Com louvor perpetuado.Amém!                                                                                          

Dirigente: Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado.    

Todos: E renovareis a face da terra.

238

Oremos: Deus, que iluminastes os corações dos Vossos fiéis com as luzes do Espírito Santo, concedei-nos que, pelo mesmo Espírito, saibamos o que é reto e gozemos sempre de suas divinas consolações. Por Cristo Nosso Senhor.Amém! 

Pai Nosso...

Ave Maria...

Dirigente: Sacratíssimo Coração de Jesus           /      Todos: Compadecei de nós.

Dirigente: Rainha concebida sem pecado            /       Todos: Rogai por nós.

Dirigente: São Vicente de Paulo                           /       Todos: Rogai por nós.

Dirigente: Bem-Aventurado Antônio Frederico Ozanam     /      Todos: Rogai por nós.

(Pode-se fazer invocações especiais, como ao padroeiro / padroeira da própria Unidade Vicentina, como dos visitantes, do santo do dia, entre outros).

 

239

No fim das reuniões. 

Dirigente: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Dirigente: Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Padroeira do Brasil,   

Todos:      Rogai por nós.

Dirigente: São José    

Todos:      Rogai por nós 

Dirigente: São Vicente de Paulo    

Todos:      Rogai por nós.

Dirigente: Bem-Aventurado Antônio Frederico Ozanam    

Todos:      Rogai por nós.

(Pode-se fazer invocações especiais, como ao padroeiro / padroeira da própria Unidade Vicentina, como dos visitantes, do santo do dia, entre outros).

239

Oremos:  Clementíssimo Jesus, que suscitastes na Vossa Igreja a pessoa de São Vicente de Paulo, um apóstolo da Vossa ardentíssima caridade, inspirai em Vossos servos o mesmo ardor de caridade, para que, por Vosso amor, dêem com a melhor vontade aos pobres o que possuem e, mais ainda, se dêem a si mesmos.

Vós, que com Deus Pai viveis e reinais na unidade do Espírito Santo. Amém!

Oremos pelos benfeitores da SSVP:  Dignai-vos, piedosíssimo Jesus, conceder a Vossa graça aos benfeitores dos pobres. Vós que fizestes promessas aos que praticassem em Vosso nome obras de misericórdia, cem por um, e o reino do céu.  Amém!

Oremos a Nossa Senhora:  À vossa proteção recorremos, Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as súplicas quem em nossas necessidades Vos dirigimos, mas livrai-nos de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Amém!

Oremos pelos falecidos da SSVP:  Pela misericórdia de Deus, as almas dos fiéis defuntos descansem em paz. Amém!

Deve-se fazer alguma das Orações Complementares, de acordo com orientações da Nota Nº 12 e,

ao final, reza-se três Ave-Marias em honra a Maria Santíssima, tal como ocorreu na reunião de fundação, com a presença de Ozanam e seu companheiros.

(Pode-se fazer invocações especiais, como ao padroeiro / padroeira da própria Unidade Vicentina,

como dos visitantes, do santo do dia, entre outros).

240

 

2) ORAÇÕES COMPLEMENTARES(87) 

87) Segundo tradição vicentina de diversas regiões, e agora estendida a todo o país, essas orações poderão ser intercaladas ao longo do mês, após as orações obrigatórias.

Sugere-se, por exemplo, uma a cada semana. Em momentos especiais podem ser acrescentadas ou substituídas, de acordo com o interesse local, mas sem prejudicar o espírito e a organização impostas por este Regulamento.

 

2.1) Oração pela canonização de Antônio Frederico Ozanam(88)

     Deus fiel: Te agradecemos por ter inspirado o Bem-Aventurado Frederico Ozanam e seus companheiros na criação da Sociedade de São Vicente de Paulo.

      Deus de amor: Te pedimos que nos ajudes a preservar e perpetuar, em sua autenticidade original, o espírito e a intenção do Bem-Aventurado Frederico para nos guiar na busca de seu sonho: “abraçar o mundo em uma rede de Caridade”.

     Deus de luz: ilumina nosso caminho terreno e nos enche com um sentimento profundo de gratidão por todas as graças que recebemos ao fazer parte da Sociedade.

     Deus de graça: Te pedimos que abençoe a causa da canonização do Bem-Aventurado Frederico Ozanam e rezamos a Frederico, para que interceda a Teu lado, para a cura de nossos irmãos.

     Pai, Filho e Espírito Santo: encham nossos corações com esperança e que o presente de Tua presença fique em nossos corações vicentinos em todos os aspectos de nossas vidas.    Amém!...

88) Prece rezada pelos Vicentinos da Irlanda, País de Gales e Escócia na Jornada de oração coletiva para a canonização de Frederico Ozanam, iniciada no dia 23/04/2003, data do aniversário de nosso Fundador, oração esta que é utilizada pelo Conselho Geral da Confederação Internacional da SSVP em suas reuniões.

A intenção é para que haja progresso na causa da canonização de Ozanam.

As Filhas da Caridade e os Padres Lazaristas já se juntaram em oração com a Sociedade de São Vicente de Paulo nessa intenção.

Para que a Igreja continue com o processo de canonização, é necessário a evidência de uma segunda cura milagrosa.

    Também nós, brasileiros, podemos nos associar a essa jornada rezando pelo segundo milagre que permitiria sua canonização.                                                                          


                                                                                                                                                  241

2.2) Oração para uso da Sociedade de São Vicente de Paulo.

     Senhor, nós Vos damos graças por tantas e tão numerosas bênçãos que, até o dia de hoje, Vos dignastes conceder à Sociedade de São Vicente de Paulo.

     Nós Vos pedimos, ainda, que continueis a olhar para esta caríssima Sociedade, e também para cada uma de suas Conferências, especialmente para aquela de que fazemos parte.

     Fazei que esta Sociedade em toda parte se propague e para sempre seja confirmada, conservando sempre o seu primitivo espírito de piedade, simplicidade e união fraternal, a fim de que suas obras, totalmente despidas dos interesses terrenos e da cobiça, se tornem cada vez mais fecundas para o céu.

     Senhor, Vós conheceis de quantos bens, quer espirituais, quer temporais, necessitam as famílias dos pobres que socorremos, segundo nossas escassas forças; bem sabeis de quantos bens nos mesmos

necessitamos: tende piedade de nós, Senhor, e fazei-nos sentir os efeitos da Vossa infinita misericórdia.

     Oh! Meu Deus! Vinde também em auxílio de nossos irmãos, que agora se acham oprimidos de várias angústias: infundi-lhes a fortaleza, a prudência, a paz e a confiança que de Vós provém, e que nossas

penas, pacientemente toleradas por amor a Jesus Cristo, por Vós sejam aceitas e produzam frutos de salvação.

     Enfim, Senhor, pelos merecimentos de Nosso Senhor Jesus Cristo e pela intercessão especial da Bem-Aventurada Virgem Maria, e de São Vicente de Paulo, nós Vos pedimos, encarecidamente, que um dia, rotos os vínculos de nossa mortalidade, façais que nós e todos os que nos são unidos pelos laços de parentesco ou amizade, os pobres que nos estão confiados e nossos caríssimos confrades e consócias sejam conosco companheiros do Vosso Reino.    Amém!...                                                                                                  242

2.3) Oração a São Vicente de Paulo.

     Oh! Glorioso São Vicente! Celeste padroeiro de todas as obras de caridade e pai de todos os empobrecidos.

     Vós que nunca na vossa vida abandonastes a ninguém de quantos vos imploraram.

     Considerai a multidão dos males que pesam sobre nós e vinde em nosso auxílio: alcançai do Senhor socorro aos pobres, alívio aos enfermos, consolo aos aflitos, proteção aos desamparados, caridade aos ricos, conversão aos pecadores, zelo aos sacerdotes, paz à Igreja, tranqüilidade às nações e a todos salvação.

     Fazei que experimentemos todos os efeitos de uma piedosa compaixão e que assim socorridos por vós nas misérias desta vida, sejamos reunidos convosco no céu, onde não haverá nem tristeza, nem dores, mas somente gozo, dita e bem-aventurança eterna.    Amém!


 

2.4) Oração da Família Vicentina.

     Senhor Jesus: Tu que Te Fizeste pobre, faze que tenhamos os olhos e o coração voltados para os pobres e que possamos reconhecer-Te neles, em sua sede, em sua fome, em sua solidão e em sua dor.

     Suscita em nossa Família Vicentina a unidade, a simplicidade, a humildade e a chama da caridade que inflamou o coração de São Vicente de Paulo.

     Dá-nos força para que, fiéis à prática destas virtudes, possamos contemplar-Te e servir-Te na pessoa do pobre e um dia nos unirmos a Ti e a eles no Teu reino.    Amém!...


243

2.5) Oração pelas vocações.

     O Pai escolhe, o Filho chama e o Espírito Santo envia!

     Senhor da messe e Pastor do rebanho, faz ressoar em nossos ouvidos Teu forte e suave convite: “Vem e segue-Me!”          Derrama sobre nós o Teu Espírito.

     Que Ele nos dê sabedoria para ver o caminho e generosidade para seguir Tua voz.

     Senhor: que a messe não se perca por falta de operários.

     Desperta nossas comunidades para a missão. Ensina nossa vida a ser serviço. Fortalece os que querem dedicar-se ao Reino na vida consagrada e religiosa.

     Senhor: que o rebanho não pereça por falta de pastores.

     Sustenta a fidelidade de nossos Bispos, Padre e Ministros. Dá perseverança a nossos seminaristas.

     Desperta o coração de nossos jovens para o ministério pastoral em Tua Igreja.

     Senhor da messe e Pastor do rebanho, chama-nos para o serviço de Teu povo.

     Maria, Mãe da Igreja, modelo dos servidores do Evangelho: ajuda-nos a responder “sim!”.     Amém!...


244

2.6) Oração pelas vocações vicentinas.

     São Vicente de Paulo, missionário e evangelizador dos pobres: concedei-nos, através da vossa intercessão:

     Jovens corajosos, que estejam dispostos a acender o fogo do amor divino em todos os seres, para continuarem a missão do Filho de Deus.

     Jovens comunicativos, que revelem aos mais pobres e excluídos que o Reino de Deus está perto, de modo especial para eles.

     Jovens convertidos a Nosso Senhor Jesus Cristo, que se dirijam cheios de amor à humanidade, para tirá-la da miséria material e espiritual.

     Jovens profetas, que transmitam tudo o que foi predito pelos profetas, para efetivas realmente o Evangelho.

     Jovens que desejem participar de sua glória no céu, participando do sofrimento dos pobres, dos aflitos e martirizados.

     Jovens que tratem com compreensão e cordialidade os mais pobres, colocando-se ao seu serviço.

     Jovens que se interessem por uma vida interior que se manifesta na fé, na esperança e na caridade, numa atitude de entrega a Deus.

     Enviai Senhor, através de São Vicente de Paulo, vocações generosas, Padres, Religiosas, Religiosas, Leigos e Leigas, felizes em dedicarem o tempo breve de suas vidas ao amor e à justiça.   Amém!...

245

 

 

2.7) Oração para uso dos vicentinos antes da visita domiciliar

aos assistidos(89)

     Meu Jesus ajude-me no bem que, em Vosso nome desejo fazer; porque só por mim, nada posso... Esteja comigo...

     Enchei meu coração daqueles sentimentos que desejo inspirar ao coração desse homem (senhora ou família). Põe a persuasão em meus lábios, a verdade em minhas palavras, a prudência em meus conselhos e paciência em minha expectativa.

     Fazei que a Vossa graça ilumine e esse meu irmão, enquanto me ouvir...

     Nada atribuirei a mim no êxito, com que vos peço abençoeis minha missão.

     Sei que sou um instrumento indigno e que nada valho. Porém, tudo me será possível, si Vos dignardes assistir-me, ó.Jesus, Bom Pastor.

     Pai dos pobres, consolador dos aflitos, que. Com Vosso Eterno Pai e o Divino Espírito viveis e reinais, em perfeita Unidade, por séculos sem fim.     Amém!...

 

89) “Imprima-se” de Monsenhor Benedicto de Souza – Pró-Vigário Geral da Arquidiocese de São Paulo. São Paulo/SP, 18/09/1911.


246

 

2.8) Oração completa do “De Profundis”,

pelos membros falecidos da SSVP(90)

Dirigente:

     Das profundezas dos abismos clamei a Vós, meu Senhor: Senhor, ouvi a minha voz.

     Dai ouvidos atentos à voz da minha súplica.

     Se Vós, atenderdes às minhas iniqüidades, Senhor, quem poderá subsistir na Vossa presença?

     Porém, eu, Senhor, esperei em Vós, por causa da Vossa Lei, e por que em Vós tudo é clemência.

     Esperou a minha alma no Senhor, susteve-se a minha alma na Sua palavra.

     Espere assim todo o Brasil no Senhor, desde a aurora até a noite.

     Porque o Senhor é cheio de misericórdia, e Nele se encontra redenção copiosa.

     E ele mesmo há de remir a Israel de todas as iniqüidades.

 

Dirigente: Dai-lhes, Senhor, o eterno descanso. /  Todos: Entre os resplendores da luz perpétua.

Dirigente: Descansem em paz                       /     Todos: Amém!

Dirigente: Senhor, ouvi a minha oração.        /     Todos: E até Vós chegue o meu clamor.

Dirigente: O Senhor esteja conosco.              /     Todos: Ele está no meio de nós.

 

Oremos (todos):

    Ó Deus Criador e Redentor de todos os fiéis, concedei às almas de vossos servos e servas a benigna remissão de todos os seus pecados, para conseguirem, pelas piedosas súplicas de Vossa Igreja, a indulgência, a que sempre aspiram. Vós que viveis e reinais pelos séculos.              

                Amém!

Dirigente: Dai-lhes, Senhor, o eterno descanso. / Todos: Entre os resplendores da luz perpétua.

Dirigente: Descansem em paz.       /     Todos: Amém!

 

90) “Das profundezas, clamei”, do Salmo 130/129, que se reza nos ofícios fúnebres.

247

 

2.9) Ato de Consagração da Sociedade de São Vicente de Paulo

ao Sagrado Coração de Jesus(91)

    

91) Para ser recitado nas Conferências, Conselhos, Obras Unidas e Unidades Auxiliares na primeira reunião de junho de cada ano.

No dia 05/02/1872, a Sociedade de São Vicente de Paulo foi solenemente consagrada, na França, ao Sagrado Coração de Jesus. Todo ano é renovada esta consagração.

     Clementíssimo Jesus, que, por misericordioso desígnio, Vos dignastes abrir o Vosso dulcíssimo Coração aos homens, para os salvardes e enriquecerdes com inefáveis tesouros de amor que encerra, a Vossos pés, vêm hoje os membros das Conferências de São Vicente de Paulo consagrar-se inteiramente a esse divino e amantíssimo coração.

     Reconhecemos que este oceano infinito de Caridade é a origem e fonte de todas as graças de todos os benefícios que a nossa Sociedade tem operado no mundo.

     E, querendo agora que tudo volte ao seu princípio, nós Vos consagramos, com pleníssima e irrevogável doação, as nossas pessoas com todas as faculdades e com todas as operações de sua atividade. Não só reconhecemos, acatamos e adoramos o Vosso supremo domínio e os inauferíveis direitos que tendes sobre os indivíduos e as nações, mas queremos viver para dilatar na terra o Vosso reinado de caridade, união e paz.

     Por isso, Vos consagramos também as nossas famílias com todos os seus membros, os nossos trabalhos, obras, bens e empreendimentos.

     Reinai em nossos corações com a Vossa graça, em nossas famílias com a Vossa paz e amor, e no seio da sociedade com a Vossa autoridade soberana e com a observância plena dos Vossos mandamentos.

     Nós Vos consagramos, de modo especial, os pobres que visitamos e constituem, para nós, outra família adotiva que Vós nos doastes.

248

     Abençoai-os a eles, Senhor, dando-lhes resignação, fé, confiança e amor nos sofrimentos; e abençoai-nos, concedendo-nos entranhas de fraterna caridade para com eles. Para cumprir a Vossa lei e imitar o Vosso exemplo, não só procuraremos amá-los como a nós mesmos, mas veremos sempre neles, com os olhos da fé, a Vossa Adorável Pessoa, pois, num excesso de misericórdia, tomais como feito a Vós quanto por eles fizermos.

     Dedicamos e consagramos à Vossa Pessoa Divina e ao Vosso Sacratíssimo Coração a Sociedade de São Vicente de Paulo, com todos os seus Conselhos, todas as Conferências e todas as Obras Assistenciais.

     Dignai-Vos, dulcíssimo Jesus, aceitar benigno esta nossa oblação e resolução e recebei-nos dentro do Vosso amantíssimos e Divino Coração, que será sempre a nossa perpétua morada, a fim de que, vivendo sempre em perfeita união convosco na terra, mereçamos, na hora do passamento, ouvir de Vossos lábios divinos: “Vinde benditos de meu Pai, possuí o reino que vos está preparado desde o princípio do mundo”.

                                                         Amém!                                                         249

 

 

HINO A SÃO VICENTE DE PAULO

 

Glória e louvor ao ínclito Vicente, oh meu bom Pai e

Santo Protetor! Sois na Igreja um sol resplandecente,

 louvar-vos-ei alegre com fervor.

 

REFRÃO:

Ao nosso Deus glória e louvor, eternamente Ao Deus

de São Vicente, glória e louvor, Glória e amor,

Por nos ter concedido protetor tão querido!

 

Glória e louvor a quem formou tal alma e a encheu de seu divino amor!

Desde a infância um vivo fogo inflama a São Vicente! É luz! É chama ardente!

 

Glória e louvor à grande caridade: é vivo o ardor do servo do Senhor.

Pra consolar a pobre humanidade em todo mal e infeliz labor.

 

Glória e louvor, Vicente compassivo, rogai por nós a nosso Salvador!

E alcançai, no dia decisivo, nos dê no céu, a glória e o resplendor.


250

HINO A ANTÔNIO FREDERICO OZANAM

 

Vicentinos nós brasileiros, numa festa só de

amores. Ao patrono da esperança damos graças

e louvores, paz aos necessitados com Deus no

coração. Ele ensinou assim. Em termos de amor

a caridade do Senhor!

 

REFRÃO:

Salve! Salve! Ozanam. Nós vos desejamos paz

e bem. Vosso ideal sempre será em nome de

Deus, nosso também.

 

Desfraldando vossa bandeira, São Vicente ao meu lado,

Seguirei os vossos passos, por Jesus Cristo adorado.

Ensinastes na inspiração, luz do Senhor, ao nosso Ozanam,

o grande fundador, a paz e bem, paz e amor.

252

 

Informações adicionais